AR aprova Proposta de Lei da Amnistia

AR aprova Proposta de Lei da Amnistia

A Assembleia da República (AR) aprovou, esta segunda-feira, dia 06, por Consenso e em Definitivo,...

AR aprova seu orçamento para 2020

AR aprova seu orçamento para 2020

A Assembleia da República aprovou, esta segunda-feira, (6), em Maputo, por via de Projecto de...

AR aprova seu plano de actividades para 2020

AR aprova seu plano de actividades para 2020

A Assembleia da República (AR) aprovou, esta segunda-feira, por consenso, o seu Plano de...

AR aprova PQG 2020/2024

AR aprova PQG 2020/2024

O Plenário da Assembleia da República (AR) aprovou, esta sexta-feira, dia 03, em Definitivo e por...

  • AR aprova Proposta de Lei da Amnistia

    AR aprova Proposta de Lei da Amnistia

  • AR aprova seu orçamento para 2020

    AR aprova seu orçamento para 2020

  • AR aprova seu plano de actividades para 2020

    AR aprova seu plano de actividades para 2020

  • AR aprova PQG 2020/2024

    AR aprova PQG 2020/2024

                                                                                                                    

Actualidade Parlamentar

Destaques

Programa

Agenda Semanal

Smaller Default Larger

PAR espera que indução traga boas práticas aos parlamentares

A Presidente da Assembleia da República (PAR), Esperança Laurinda Francisco Nhiuane Bias, disse que a realização do Seminário de Indução dos deputados da Assembleia da República (AR), constitui uma oportunidade, não só para o conhecimento mútuo dos deputados, como também para a partilha de conhecimentos, experiências e boas práticas sobre a actividade parlamentar.

A PAR, que discursava esta segunda-feira (17), na sede do parlamento, por ocasião da abertura do Seminário de Indução dos deputados da IX Legislatura da AR, destacou a pertinência da realização das acções de capacitação para que sejam uma prática permanente e contínua, sublinhando que o presente seminário visa capacitar os deputados para exercerem com eficácia e eficiência o seu mandato.

A Presidente do Parlamento Moçambicano explicou que “estamos aqui para participar no Seminário de Indução dos Deputados da IX Legislatura, fazendo jus à prática da instituição que, a cada início de mandato, realiza uma acção de capacitação de educação dos deputados eleitos, com o intuito de partilhar conteúdos relevantes para o exercício da função parlamentar, com destaque para a organização e funcionamento da AR”.

A PAR garantiu que para auxiliar o trabalho dos deputados durante apresente legislatura, colocar-se-á à disposição a coletânea da Legislação Parlamentar Básica, que contempla, entre outros instrumentos normativos, a Constituição da República, o Regimento da AR e a Lei Orgânica, bem como o Manual do deputado.

O seminário insere-se no âmbito do Programa da Desenvolvimento de Capacitação Paramentar 2020-2024, que visa capacitar os actores-chave da actividade parlamentar com ferramentas adequadas para o exercício cabal das suas atribuições regimentais.

O evento de três dias tem o apoio de parceiros de Cooperação como a Westminster Foundation for Democracy (WFD), UNICEF, União Europeia, Internacional IDEA, Instituto Multipartidário para a Democracia (IMD), Visão Mundial e Pro-PALOP TL ISC.

Por seu turno, o Director Executivo do Instituto para a Democracia Multipartidária (IMD) Hermenegildo Mulhovo, defendeu, no âmbito do seminário, a necessidade de maior desenvolvimento das capacidades dos deputados da Assembleia da República nesta IX legislatura, com vista a fazerem face aos desafios decorrentes das emendas constitucionais de 2018, bem como na contribuição para que o desenvolvimento da indústria extractiva se reflicta no aumento da qualidade de vida dos moçambicanos.

Mulhovo, fez este pronunciamento na sede do parlamento moçambicano, em Maputo, durante a cerimónia de abertura do processo de indução dos deputados da IX legislatura, tendo sublinhado que “como sociedade civil temos também a nossa responsabilidade em ligar o parlamento as agendas dos diferentes grupos de interesse que compõem a nossa sociedade”

“Por isso, queremos enaltecer o mérito deste seminário de indução dos deputados, como ponto de partida das acções que visam equipar os parlamentares de ferramentas adequadas para fazer face aos desafios desta legislatura”, disse Mulhovo, reiterando que o IMD, em colaboração com os seus parceiros, nomeadamente embaixadas de Irlanda, Finlândia, Suécia e a União Europeia, vai continuar a apoiar e a assistir o parlamento moçambicano nos seus esforços de capacitação dos deputados.

Para Mulhovo, esta é para o IMD uma legislatura promissora por ser marcada, não somente pelo aumento do número de mulheres e jovens no parlamento, mas também pela posição ocupada por estes grupos na liderança do parlamento o que, segundo ele, “confirma a boa reputação que sempre tivemos a nível internacional em termos de representatividade, sobretudo feminina na Assembleia da República”.

“Esta composição traz-nos muitas expectativas de um parlamento dialogante, inclusivo e mais aberto ao cidadão”, disse, sublinhando ainda que “esperamos que nesta legislatura, independentemente das proporções dos deputados das bancadas, haja mais harmonia e consensos nos debates e nas decisões tomadas”.

Comunicação

SECRETARIADO GERAL


Estrutura Orgânica
Conselho Consultivo
UEEFO 

 


BANCADAS  PARLAMENTARES

FRELIMO 
RENAMO
MDM

CÍRCULOS ELEITORAIS


Maputo Província
Maputo Cidade
Gaza
Inhambane
Manica
Sofala
Tete
Zambézia
Nampula
Niassa
Cabo Delgado
 

 

rize escort nevsehir escort
free porn videos
sikis
sakarya escort
sirinevler escort beylikduzu escort atakoy escort sisli escort atakoy escort sisli escort sirinevler escort beylikduzu escort halkali escort halkali escort

antalya escort

atakoy escort
evden eve nakliyat
antalya escort
bursa escort bayan izmir escort bayan