Smaller Default Larger

MDM defende política fiscal e financeira que estimula o mercado

O Chefe da Bancada Parlamentar do Movimento Democrático de Moçambique (MDM), Lutero Simango, disse que as empresas públicas devem ser geridas na base do capital e do lucro. Por esta razão, a política fiscal e financeira deve estimular o mercado e criar uma base tributária que possa permitir a transformação do mercado informal em formal.

Simango que falava esta quinta-feira (20), em Maputo, durante o encerramento da VIII sessão ordinária da Assembleia da República, enfatizou que a ausência de infra-estruturas nas zonas agro-produtivas tem criado desinteresse da prática de produção intensiva, beneficiando a importação de produtos alimentares.

“Por isso, continuaremos a defender a construção de infra-estruturas que possam estimular o desenvolvimento e tornar a nossa economia geradora de riquezas, oportunidades de empregos assim como a circulação de pessoas e bens” disse Simango, acrescentado que “o sector familiar não se sente devidamente estimulado para incrementar a sua produção, porque a política de comercialização dos produtos agrícolas não tem suporte de infra-estrutura”.

Falando sobre a situação de Mocímboa da Praia, o chefe da bancada parlamentar do MDM, disse que o que se vive naquele ponto do País continua a ser uma preocupação nacional e requer engajamento de todos para eliminar os focos das incursões armadas que estão a atingir uma situação alarmante, criando um ambiente de intimidação e de guerra.

“Para que os moçambicanos estejam unidos e tenham uma voz no combate às incursões armadas que estão sendo desenvolvidas no norte de Moçambique, é imperativo que o governo explique, com clareza, a origem e causa destas acções. Não bastam ideias simplistas e reducionista de que tais actos são perpetrados por bandidos”, salientou Simango. 

No que tange à estratégia de gestão e exploração dos recursos naturais em Moçambique, o chefe da Bancada Parlamentar do MDM entende que deve ser inclusiva e partilhada e que as populações devem sentir o benefício dos acordos firmados pelo estado no melhoramento da qualidade de suas vidas.

“O acesso à saúde, a uma casa condigna, à educação e às infra-estruturas que incrementam desenvolvimento na agricultura, turismo e outras áreas devem ser sentidas pelas populações nas zonas de exploração de recursos naturais”, afirmou o chefe da bancada parlamentar do MDM.

SECRETARIADO GERAL


Estrutura Orgânica
Conselho Consultivo
UEEFO 

 


BANCADAS  PARLAMENTARES

FRELIMO 
RENAMO
MDM

CÍRCULOS ELEITORAIS


Maputo Província
Maputo Cidade
Gaza
Inhambane
Manica
Sofala
Tete
Zambézia
Nampula
Niassa
Cabo Delgado
 

 

rize escort nevsehir escort
free porn videos
sikis
sakarya escort
sirinevler escort beylikduzu escort atakoy escort sisli escort atakoy escort sisli escort sirinevler escort beylikduzu escort halkali escort halkali escort

antalya escort

atakoy escort
evden eve nakliyat
antalya escort
bursa escort bayan izmir escort bayan