PAR enaltece esforços visando cimentar a Paz

PAR enaltece esforços visando cimentar a Paz

A Presidente da Assembleia da República (PAR), Verónica Nataniel Macamo Dlhovo, disse esta...

PAR encoraja empresas japonesas a investirem em Moçambique

PAR encoraja empresas japonesas a investirem em Moçambique

A Presidente da Assembleia da República (PAR), Verónica Nataniel Macamo Dlhovo, encorajou,...

PAR reafirma vontade expandir a cooperação com o Japão

PAR reafirma vontade expandir a cooperação com o Japão

A Presidente da Assembleia da República (PAR), Verónica Nataniel Macamo Dlhovo, reafirmou, esta...

PAR em audiência com os membros do Conselho de Direcção da APME

PAR em audiência com os membros do Conselho de Direcção da APME

A Presidente da Assembleia da República (PAR), Verónica Nataniel Macamo Dlhovo, disse esta...

  • PAR enaltece esforços visando cimentar a Paz

    PAR enaltece esforços visando cimentar a Paz

  • PAR encoraja empresas japonesas a investirem em Moçambique

    PAR encoraja empresas japonesas a investirem em Moçambique

  • PAR reafirma vontade expandir a cooperação com o Japão

    PAR reafirma vontade expandir a cooperação com o Japão

  • PAR em audiência com os membros do Conselho de Direcção da APME

    PAR em audiência com os membros do Conselho de Direcção da APME

                                                                                                                    

Visitas ao Parlamento

Actualidade Parlamentar

Destaques

Ordem do dia

Aconteceu

Programa

Agenda Semanal

Chefe da BPF, Margarida Talapa apela à igualdade de direitos para todos os trabalhadores na SASOL

Chefe da Bancada Parlamentar da Frelimo, Margarida Adamugy Talapa, apelou, na passada terça-feira, 25.08.15, em Maputo, aos  gestores da SASOL para a criação de condições e oportunidades iguais para todos os trabalhadores desta companhia, que explora o gás de Temane, no distrito sw Inhassoro, província de Inhambane, sem  discriminação com base na sua nacionalidade.

De acordo com Talapa, que é, além de parlamentar e chefe da bancada maioritária no Parlamento, membro da Comissão Política da Frelimo, os trabalhadores moçambicanos que assumem funções de chefia naquela empresa devem auferir salários iguais aos dos seus colegas estrangeiros, com as mesmas funções, não fazendo sentido, como sublinhou, que chefes ou outros simples operários moçambicanos não tenham salário ou regalias iguais as dos estrangeiros neste caso, sul-africanos.

A Parlamentar reagia assim à informação, na oportunidade prestada pelos dirigentes da fábrica, segundo a qual a disparidade que se verifica nos ordenados praticados naquela multinacional se deve ao facto de os estrangeiros terem sido os primeiros na empresa.

A Chefe da bancada da Frelimo na Assembleia da República disse que o objectivo  principal da abertura do Governo para a entrada de investimentos estrangeiro através de empresas, igualmente estrangeiras para explorar reservas naturais no país surge pela necessidade de busca de tecnologias para a transformação dos recursos em riqueza, condição necessária para o desenvolvimento do país. “ A SASOL está a funcionar desde 2004 e existe um acordo de que até finais deste ano, 2015 a maioria da mão-de-obra da empresa deve ser moçambicana, para que sejam os nacionais a se apropriarem dos processos de gestão para avançaren na construção da sua própria riqueza. Portanto, é necessário que a SASOL cumpra com os acordos, acelerando o processo para que sejam os nacionais a tomarem os destim=nos dos seus recursos”, disse Talapa.

 

SECRETARIADO GERAL


Estrutura Orgânica
Conselho Consultivo
UEEFO 

GRUPOS PARLAMENTARES


FRELIMO 
RENAMO
MDM

CÍRCULOS ELEITORAIS


Maputo Província
Maputo Cidade
Gaza
Inhambane
Manica
Sofala
Tete
Zambézia
Nampula
Niassa
Cabo Delgado
 

 

rize escort nevsehir escort
sikis
sakarya escort
sirinevler escort beylikduzu escort atakoy escort sisli escort atakoy escort sisli escort sirinevler escort beylikduzu escort halkali escort halkali escort

antalya escort

atakoy escort
evden eve nakliyat